quinta-feira, novembro 23, 2017

The poem...

Fotos do litoral. / Sea coast photos.

Prefiro pertencer-te... do que me pertencer só a mim...
É dentro de ti, que descubro a razão de ser da minha existência...
Aqui fica o link, com a minha sugestão musical de hoje... Amy Lee - Love Exists.
Foto de Ana Freire.

"eu posso desenhar um poema. é como escrever, só que de maneira diferente. com o meu desenho eu posso transmitir a sensibilidade das palavras que não digo, apenas pelo olhar que o leitor tenha, pela paixão ou não, que coloquei no meu desenho.

as linhas por vezes imprecisas da minha mão nem sempre segura, podem ser apenas rabiscos de cores ou uns riscos e, no entanto, falarem de amor e de paixão, de ódio e de desamor, de ruas e cidades. podem transmitir um sorriso, uma cor, um corpo, um sabor.

o beijo e o abraço podem ser desenhados assim e, sem que me entendam, posso falar num poema que, não sendo escrito, é pintado com as cores da vida."
(PIEDADE ARAÚJO SOL, dos blogues... Olhares em tons de maresia e Poesia em Imagens).

Vou fazer uma curta pausa, por aqui, durante alguns dias. Voltarei em breve... Até já!

Prefiro pertencer-te... do que me pertencer só a mim... É dentro de ti, que descubro a razão de ser da minha existência... / I prefer to belong to you... rather to belong to myself only... It is within you, that I have found the reason for my existence...
O poema... / The poem...

"I can draw a poem. it's like writing, but in a different way. with my drawing I can transmit the sensitivity of the words I do not say, just by the reader's look, by the passion or not, that I put in my drawing.

sometimes the imprecise lines from my hand, not always firm, might be just scribbles of colors or scratches, and yet they speak of love and passion, of hate and dismay, of streets and cities. they can reflect a smile, a color, a shape, a flavor.

the kiss and the embrace can be drawn like that and, without being understood, I can speak in a poem that, although it may not be written, it is painted with the colors of life."
(PIEDADE ARAÚJO SOL, from the blogs... Olhares em tons de maresia and Poesia em Imagens).

I prefer to belong to you... rather to belong to myself only...
It is within you, that I have found the reason for my existence...
Here it stays my musical suggestion for today... Amy Lee - Love Exists. (See the link above on this post).
Photo by Ana Freire.

I'm going to take a short break here for a few days. I'll be back soon... See ya!


sexta-feira, novembro 17, 2017

Magic moment...

Fotos de paisagem humanizada. / Humanized landscape photos.

Quando o entardecer me espreita, num momento de magia... mais uma vez... da minha janela...
Deixo-vos a minha sugestão musical, de hoje... United Pursuit - Since Your Love (ft. Brandon Hampton).
Foto de Ana Freire.
"O destino é um novo e melhor dia e a estrada a seguir é sempre aquela que te leva rumo a ti." (RITA NORTE, do blogue RUMO A TI).
Quando o entardecer me espreita, num momento de magia... mais uma vez... da minha janela... / When the sunset lurks in a moment of magic... once again... from my window...
Momento mágico... / Magic moment...
"Fate is a new and better day, and the best road is always the one that leads you to yourself." (RITA NORTE, from the blog RUMO A TI).
When the sunset lurks in a moment of magic... once again... from my window...
Here it stays my musical suggestion of the day... United Pursuit - Since Your  Love (ft. Brandon Hampton). (See the link above, on this post).
Photo by Ana Freire.


quarta-feira, novembro 15, 2017

Be the change...

Fotos de flores. / Flower photos.

Quando a tua luz própria, provém do brilho do teu carácter... garantidamente, incomodarás algumas sombras...
Deixo-vos a minha sugestão musical para hoje... André Rieu - One Fine Day.
Foto de Jorge Gonçalves.
"Nós devemos ser a mudança que queremos ver no mundo." (MAHATMA GANDHI, 1869 - 1948).
Quando a tua luz própria, provém do brilho do teu carácter... garantidamente, incomodarás algumas sombras... / When your inner light comes from the brightness of your character... you will bother some shadows, that's for sure...
Sê a mudança... / Be the change...
"We must be the change we wish to see in the world." (MAHATMA GANDHI, 1869 - 1948).
When your inner light comes from the brightness of your character... you will bother some shadows, that's for sure...
I leave you here, my musical suggestion for today... André Rieu - One Fine Day. (See the link above, on this post).
Photo by Jorge Gonçalves.


quarta-feira, novembro 08, 2017

All time is eternally present...

Fotos de objectos. / Objects in photos.

A pressa jamais recupera o tempo... apenas precipita a sua passagem, impossibilitando qualquer forma de o apreciar...
Aqui vos deixo o link, com a minha sugestão musical de hoje... Nicholas Gunn - Material, Under the Influence of Music.
Foto de Ana Freire.
"O tempo presente e o tempo passado
Estão ambos talvez presentes no tempo futuro.
E o tempo futuro contido no tempo passado.
Se todo tempo é eternamente presente
Todo tempo é irredimível.
O que poderia ter sido é uma distracção
Que permanece, perpétua possibilidade,
Num mundo apenas de especulação.
O que poderia ter sido e o que foi
Convergem para um só fim, 
Que é sempre presente.
Ecoam passos na memória
Ao longo das galerias que não percorremos
Em direcção à porta que jamais abrimos
Para o roseiral. Assim ecoam minhas palavras.
Em tua lembrança."
(T. S. ELIOT, 1888 - 1965).

A pressa jamais recupera o tempo... apenas precipita a sua passagem... impossibilitando qualquer forma de o apreciar... / The rush, never recovers time... just hastens its passage making impossible of enjoying it...
Todo o tempo é eternamente presente... / All time is eternally present...
"Time present and time past
Are both perhaps present in time future
And time  future contained in time past.
If all time is eternally present
All time is unredeemable.
What might have been is an abstraction
Remaining a perpetual possibility
Only in a world of speculation.
What might have been and what has been
Point to one end, which is always present.
Footfalls echo in the memory
Down the passage which we did not take
Towards the door we never opened
Into the rose-garden. My words echo.
Thus, in your mind."
(T. S. ELIOT, 1888 - 1965).

The rush, never recovers time... just hastens its passage making impossible of enjoying it...
Here it stays the link, with my musical suggestion for today... Nicholas Gunn - Material, Under the Influence of Music. (See the link above, on this post).
Photo by Ana Freire.